Novidades

Fique ligado nas novidades que acontecem no Beal.


Vegetais Crucíferos

Você já ouviu falar em vegetais crucíferos? Ricos em antioxidantes, proteínas, vitaminas A, B1, B2, C, K, fibras e os minerais como cálcio, ferro e potássio. São fundamentais no cardápio de quem deseja seguir uma alimentação saudável e com os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. Além de serem muito nutritivos, depurativos e com baixa densidade energética, dentre os benefícios de seu consumo está o combate ao câncer, a melhora na saúde do coração, o aumento da sensação de saciedade e uma maior proteção contra agentes nocivos pelo aumento da imunidade.

Na aparência desse grupo de vegetais, ainda tem um detalhe curioso: todos eles contam com um formato de uma cruz em sua superfície. Já consegue identificar os crucíferos, como por exemplo o brócolis, couve-flor, rúcula, folha de mostarda, acelga, nabo e agrião. Outros vegetais não parecem tanto ter esse formato, mas ainda assim fazem parte do grupo, como é o caso do repolho, nabo, rabanete, couve de manteiga e couve de Bruxelas. Além dessa característica marcante, o que diferencia esse grupo dos demais é o seu poder de reduzir consideravelmente os riscos à saúde.

Para manter todas as propriedades nutricionais e não perder as características fitoquímicas, o modo como irá ser preparado esse vegetal influencia muito. O ideal é que seja consumido cru, mas na impossibilidade, que seja colocado no vapor por no máximo 5 minutos, ou na forma de sucos. O cozimento prolongado com imersão na água faz com que os nutrientes sejam perdidos pela ação do calor.


Pollyana Rigueiro Messa

CRN 5084