Novidades

Fique ligado nas novidades que acontecem no Beal.


Frutas Cítricas

Você conhece quais são as frutas cítricas? Fontes de vitamina C são utilizadas das mais diversas formas no dia a dia. Sejam em combinações de sucos naturais, saladas, chás entre outros, elas possuem sabores mais ácidos os famosos "azedinhos" que são perfeitos para compor e harmonizar às refeições.

Geralmente quando falamos em frutas cítricas, laranja, limão, abacaxi, acerola... são os primeiros exemplos que nos vem à mente. Contudo, esse grupo é muito maior. O que caracteriza uma fruta cítrica é o sabor ácido, devido à grande concentração de ácidos cítricos, além da intensa presença de vitamina C, nutriente importante para regular e fortalecer o corpo, dando mais energia e proteção ao organismo.

As frutas cítricas são ricas em ácido ascórbico, a vitamina C, que possui ação antioxidante e previne o escorbuto (carência de vitamina C). Também é importante na defesa do organismo contra infecções e fundamental para a formação das fibras colágenas existentes em praticamente todos os tecidos do corpo humano (derme, cartilagem e ossos).

A melhor forma de ingerir as frutas cítricas é ao natural, sem nenhum processamento, pois a vitamina C perde as suas propriedades ao ser exposta à luz, ar e calor. Para aproveitar a fruta ao máximo, o ideal é consumi-la logo após descascá-la. A recomendação de consumo das frutas cítricas é de duas a três porções diárias. Os bolos com frutas cítricas, como o bolo de laranja, já não possuem vitamina C por causa do calor do forno.

É necessário ter atenção e cuidado ao consumir as frutas cítricas sob o sol, pois podem causar manchas e queimaduras na pele.

Frutas ácidas ou cítricas: Abacaxi, acerola, ameixa, amora, caju, cidra, cupuaçu, framboesa, groselha, jabuticaba, kiwi, laranja, lima, limão, morango, nêspera, pêssego, romã, tamarindo, tangerina e uva.

Frutas semi-ácidas: Caqui, maçã verde, maracujá, goiaba, pêra, carambola. As frutas semi-ácidas têm uma quantidade menor de ácido cítrico em sua composição.

Aldren Antunes

CRN 3621