Novidades

Fique ligado nas novidades que acontecem no Beal.


Biomassa de Banana Verde

Você já ouvir falar na biomassa de banana verde? Se você for antenado às novidades culinárias e segue uma alimentação saudável, com certeza sim. Muito utilizada em receitas veganas e funcionais.

A biomassa de banana verde se destaca por possuir boas quantidades de um amido resistente que é uma espécie de fibra que o aparelho digestivo não consegue digerir. Essa fibra serve de alimento para as bactérias benéficas do intestino e assim contribui para o desenvolvimento da microbiota intestinal. Consequentemente, a imunidade melhora e o risco de câncer no intestino diminui. Esta fibra também previne o diabetes tipo 2 e melhora o trânsito intestinal.

A polpa de banana é responsável também no controle da glicemia e dos níveis de colesterol no sangue, favorece o emagrecimento, auxilia na produção de serotonina que garante a sensação de bem-estar. Além disso, possui fibras, carboidratos, vitaminas A e C, sais minerais, magnésio e potássio.

Pode ser consumida por todos, sem restrição. Não contém glúten, é uma boa opção para quem tem doença celíaca. A única recomendação é para as crianças evitarem o excesso, o ideal é começar aos poucos e ir aumentando gradativamente.

A biomassa é feita a partir da polpa da banana. Para fazer em casa você vai precisar de um cacho da banana nanica bem verde, bem lavada e com os talos preservados. Coloque-as na panela de pressão com água filtrada, o suficiente para cobrir as bananas. Feche e leve para cozinhar. Quando pregar pressão, aguarde 10 minutos e desligue. Depois que sair toda a pressão, abra a panela. Retire as bananas e vá retirando as polpas. Coloque-as no liquidificador e bata com um pouco de água. Bata a polpa quente até formar uma pasta bem espessa, a biomassa. Depois, pode guardar em uma forminha de gelo, usando para sucos um cubinho por vez e a outra metade coloque em um pote de vidro, por até 7 dias ou congelada até 2 meses.

A biomassa, por ser rica em amido e ter um gosto neutro, tem a capacidade de engrossar as preparações e se adaptar facilmente aos mais diferentes sabores, harmonizando tanto em receitas doces como salgadas. Assim, por exemplo, ela pode ser uma ótima alternativa para substituir a farinha de trigo, maionese, creme de leite e qualquer outro espessante.

Pode ser utilizado facilmente em brigadeiro fit, sucos, vitaminas, sopas, pães e até em saborosos hambúrgueres. Por isso, com tamanha versatilidade e ótimos poderes nutricionais, esse ingrediente pode fazer parte tranquilamente do nosso dia a dia.


Andressa Tavares

CRN-8: 4938