Novidades

Fique ligado nas novidades que acontecem no Beal.


Benefícios do Salmão

O salmão é o um peixe que vive em águas frias, nos oceanos Atlântico e Pacífico. Ele nasce em água doce e migra para o mar, retornando apenas para a desova. Também é comum a criação do peixe em cativeiro, pois essa condição garante a oferta mesmo nos períodos de baixa temporada de pesca.

O salmão consiste num peixe de grande destaque e é bastante apreciado na alimentação em virtude do sabor e versatilidade em preparações culinárias. Característico por sua cor rosada, laranja ou vermelha, essa coloração é devida a um pigmento chamado astaxantina, um pigmento encontrado nas algas e seres unicelulares como o camarão dos quais o salmão se alimenta e que, quando ingerido, é transportado até seus tecidos gordurosos.

Incluir peixes regularmente na dieta traz benefícios como melhorar a memória e a concentração, prevenir doenças cardiovasculares e reduzir a inflamação. Além disso, consumir peixes ajuda na perda de peso, pois normalmente são fontes de proteínas com menos calorias do que as carnes vermelhas e o frango, favorecendo dietas de emagrecimento. As proteínas são nutrientes importante para a formação da massa muscular, dos cabelos, da pele, das células e do sistema imunológico, sendo um nutriente essencial para a saúde.

O salmão e rico em ômega 3 que é considerado um ácido graxo chamado essencial e que, portanto, não é capaz de ser sintetizado pelo organismo e precisa ser obtido por meio da alimentação. Esta substância está presente em alimentos de origem vegetal, mas, sobretudo, em peixes que habitam águas marinhas profundas e frias (a exemplo do atum, bacalhau, sardinha, truta, arenque e cavala).

Os benefícios do salmão não se limitam somente à presença do ômega 3. O peixe também é fonte de vitamina A, D e minerais como o selênio e magnésio. Alguns estudos científicos sugerem benefícios do consumo de salmão para a saúde de cartilagens e articulações em razão de pequenas moléculas proteicas, denominadas peptídeos bioativos que, atuariam na regulação e processos de síntese de colágeno e mineralização do osso, fatores que, em associação à capacidade anti-inflamatória do ômega 3, poderiam ser um aliado no controle e tratamento da artrite.

Uma outra forma consumida no Brasil e presente na culinária japonesa é o salmão cru, como o sashimi que, por não serem submetido a qualquer ação de calor, preserva o conteúdo de vitaminas sensíveis a altas temperaturas e mantém o perfil de gorduras. No entanto, é justamente por ser consumido cru que os critérios na compra, armazenamento e manipulação devem ser conduzidos de forma extremamente cautelosa, a fim de se evitar qualquer tipo de contaminação e risco de intoxicação alimentar. É importante destacar que a carne do salmão deve apresentar consistência firme e a cor brilhante além de que, uma vez descongelada, não deve ser novamente congelada.

Aldren Antunes

CRN 3621