Novidades

Fique ligado nas novidades que acontecem no Beal.


Açúcar de Coco

O açúcar de coco é obtido através da seiva encontrada dentro do coqueiro. Para obtê-lo, é preciso fazer um corte na flor do coqueiro. A seiva líquida recolhida passa por um aquecimento e é desidratada através do calor, o que resulta em cristais usados para adoçar alimentos. Este produto é considerado um alimento minimamente processado, não obtendo conservantes e nem passa por processos de refinamento. Hoje, açúcar de coco tem sido usado cada vez mais como um substituto do açúcar refinado. Ambos têm a mesma capacidade de adoçar alimentos e calorias semelhantes, porém, o açúcar de coco tem menor índice glicêmico, significando menores picos de glicose e de insulina no organismo.

O açúcar de coco tem quantidades significantes de vitaminas do complexo B, principalmente a vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (niacina) e vitamina B6 (pirodoxina). Contendo também, minerais como potássio, magnésio, ferro e zinco. A grande estrela do açúcar de coco, no entanto, é a fibra inulina, sendo ela quem reduz o índice glicêmico deste alimento, já que faz com que os carboidratos sejam absorvidos de forma mais lenta pelo organismo. Além disso, ela é considerada uma fibra prebiótica, que ajuda na manutenção e crescimento da flora intestinal.

O açúcar de coco tem um sabor peculiar de açúcar queimado considerado bastante saboroso. Ele pode ser adicionado a bebidas escuras (lembrando que nas claras ele pode alterar a coloração), a shakes e também em receitas. Como ele tem uma temperatura de fusão baixa e uma temperatura de queima alta, ele pode ser usado tranquilamente em preparações de forno e fogão. O mesmo sempre deve ser usado na mesma quantidade que você usaria do açúcar comum.

Pollyana Rigueiro Messa

CRN 5084